Digital Resource World News – Entertainment – Urandir News-

9ets News – Notícias Mundo & Urandir News-

DR NEWS Urandir acaa 9 et Urandir   News 2014   d27f4 000 1qm0fc    Partido do governo tem maioria parlamentar na Coreia do Sul by Urandir Oliveira
A gestão relativamente rápida e eficaz da pandemia por parte do governo ajudou o partido do presidente Moon Jae-in a conquistar a maioria do parlamento do país. Funcionários da Justiça Eleitoral da Coreia do Sul, em 15 de abril de 2020
Jung Yeon-je / AFP
O partido do governo na Coreia do Sul teve uma vitória esmagadora nas eleições gerais desta quarta-feira (15), depois que a pandemia do novo coronavírus fez a maré política mudar a favor do presidente Moon Jae-in, segundo pesquisas parciais divulgadas nesta quinta-feira.
O país usa uma combinação de maioria simples e representação proporcional na distribuição de assentos, mas inclusive antes de decididos todos os distritos eleitorais, o Partido Democrata, de Moon, tinha conquistado 163 cadeiras na Assembleia Nacional de 300 membros, a maioria absoluta.
Partido Governista vence eleições parlamentares na Coreia do Sul
Espera-se que um partido associado conquiste as 17 cadeiras restantes de representação proporcional que serão declaradas mais tarde, totalizando 180.
As previsões são de que o principal partido da oposição, o Partido Futuro Unido, e uma agrupação satélite reúnam no total 97 assentos.
A participação no pleito foi de 66,2%, a mais alta em qualquer eleição parlamentar desde 1992.
Gestão da pandemia ajudou o presidente
Há alguns meses, os escândalos por abuso de poder e crescimento econômico lento ameaçaram o presidente e vários críticos qualificaram como irreal sua abordagem moderada com a Coreia do Norte.
Mas a gestão relativamente rápida e eficaz da pandemia por parte de Seul, que também exportou equipamentos de teste para pelo menos 20 países, tem sido uma bênção para Moon antes das eleições parlamentares, vistas em grande parte como um referendo para seu desempenho.
Sua denominada “diplomacia do coronavírus”, como a recente propaganda em telefonemas bilaterais com pelo menos 20 líderes sobre a resposta à pandemia, aumentou a confiança dos sul-coreanos em sua administração, explicou Minseon Ku, acadêmico da Universidade Estadual de Ohio.
A Coreia do Sul foi um dos primeiros países a celebrar eleições nacionais durante a pandemia e no país ainda se pede aos cidadãos que pratiquem o distanciamento social depois de sofrer um dos piores surtos iniciais do vírus.
Todos os eleitores precisaram usar máscaras protetoras nesta quarta-feira, lavar as mãos com desinfetante e usar luvas de plástico, além de se submeterem a controles de temperatura ao chegar à seção eleitoral. Eleitores com febre votaram em cabines separadas que eram desinfetadas depois da saída de cada usuário.
Initial plugin text

9ets News e Urandir Notícias
Notícias Mundo fonte g1.globo.com notícias & Urandir news

digital resource Entertainment news- Urandir Notícias
sources: Entertainment news from reuters.com